CATEGORIA : Notícias
Brilhante cientista sênior Dra. Lídia Galdino é cristalense

17/08/2021 às 13:30:00

Já pensou baixar todos os filmes, séries da netflix em 1 segundo?

Engenheira Cristalense, ex-estudante da Escola Estadual Dr. Osmar Bicalho, liderou pesquisa que chegou a este resultado, uma internet tão rápida que deve mudar toda a história.

PHD CRISTALENSE TAMBÉM JÁ FOI CONDECORADA PELO FALECIDO PRÍNCIPE PHILLIP DA INGLATERRA.

Lídia Galdino, 39 anos, cristalense, filha de Maria Aparecida Campos Galdino da Silva e Rafael Galdino da Silva, terminou o ensino fundamental na Escola Estadual Dr. Osmar Bicalho, e formou-se pela UNICAMP DE CAMPINAS, e logo em seguida partiu para o exterior. Atualmente mora na Europa, na cidade de Londres, e tem se consagrado no campo das telecomunicações, hoje é pioneira no desenvolvimento de redes de fibra óptica.

Em um jantar que aconteceu no dia 16 de julho de 2015, Dra. Lídia Galdino e mais 5 colegas foram homenageados pelo príncipe Phillip, marido da Rainha Elizabeth II. O “Grupo Optical Network” (ONG), foram premiados pela Academia Real de Engenharia de 2015, com o prêmio “Colin Campbell Mitchell Award ” por suas pesquisas na área de engenharia eletrônica, pioneiras à tecnologia de comunicação óptica.

O Grupo Optical Network ( ONG ) é a equipe de investigação mais importante do mundo nesta área, a ONG tem feito progressos revolucionários para a maximização da capacidade das redes de comunicação de fibra óptica, um componente vital para transmitir com sucesso quantidades cada vez maiores de informações sobre ambos curtas e longas distâncias.

Operando a partir de um laboratório de pesquisa único líder mundial, a ONG foi o primeiro grupo de pesquisa acadêmica para realizar sistemas de pesquisa de engenharia em vários comprimentos de onda, sistemas e redes de comunicações ópticas de alta capacidade. Liderados por Polina Bayvel FREng, Professora de Comunicações Ópticas e Redes, os membros da equipe de ONG que receberam o prêmio são: Dra. Lidia Galdino, o Dr. Robert Killey, o Dr. Robert Maher, Dr Seb Savory e Dr Benn Thomsen.

Além de desenvolver o campo e ajudar a moldar a política, o trabalho da ONG tem tido grande impacto e levou benefícios comerciais significativos em muitas empresas globais e para o setor de telecomunicações comerciais, um feito extraordinário para um grupo de pesquisa de engenharia. A aplicação da pesquisa da equipe de redes ópticas definidos por software continua a desempenhar um papel determinante na concepção de sistemas de comunicação óptica para o futuro.

https://g1.globo.com/economia/tecnologia/inovacao/noticia/2020/09/08/pesquisadora-brasileira-alcanca-recorde-de-velocidade-de-internet-em-fibra-optica.ghtml

Fonte: COMUNICAÇÃO